Plano de carreira-ASSTBM informa

Em respeito aos servidores do atual nível médio da Brigada Militar, e também para mantê-los informados, evitando assim que comentários feitos por pessoas que não estão participando da construção da proposta de um novo plano de carreira gerem intranquilidade e incerteza na categoria, a Associação dos Sargentos Subtenentes e Tenentes da Brigada Militar do Rio Grande do Sul-ASSTBM informa que:

Em nenhum momento as entidades que estão participando da elaboração do esboço de plano de carreira falaram ou cogitaram trocar direitos dos atuais servidores pela aprovação de uma nova carreira;

O esboço de plano ora existente nasceu de um consenso entre associações representativas dos servidores de nível médio da Brigada Militar, não sendo criação do governo ou de algum deputado;

Prazos existem, são previstos em lei e devem ser cumpridos, toda a tramitação exige prazos e a discussão do esboço de uma nova carreira não seria diferente;

Durante o prazo de duração da subcomissão para discutir a mudança da carreira com a categoria, serão feitas audiências públicas em diversas cidades entre as quais está inclusa PORTO ALEGRE. Assim que definidas e aprovadas as datas, estas serão tornadas de conhecimento público.

Veja abaixo uma explicação simplificada do esboço de plano de carreira:

NOVO PLANO DE CARREIRA COMO FICA?

1-Fica garantida a promoção na reserva a graduação/posto imediatamente superior (para todas as praças);

2-A carreira de nível médio passa a ser carreira de nível superior, (independentemente de o servidor possuir ou não curso superior);

3-Nos primeiros 08 (oito) anos a partir de a lei entrar em vigor, ficam garantidas as promoções de todos os servidores, tantas vezes quantas forem possíveis, observados os interstícios;

416202

4-A partir do 9º (nono) ano da entrada em vigor da lei, só serão promovidos à graduação/posto imediatamente superior na ativa os servidores que possuírem curso superior. A promoção na reserva permanece inalterada, independentemente do servidor possuir curso superior ou não;

5-O soldado será pro movido a 3º sargento com 08 (oito) anos de brigada militar, não sendo mais extinta a graduação de 3º sargento em 2017 como está previsto atualmente;

6-Fica garantida a todos os atuais 1º sargentos, no mínimo, a aposentadoria no posto de 1º tenente;

 Comunicação DEE ASSTBM

Comentários com o Facebook