ÍNDICE DE REAJUSTES APRESENTADO PELO GOVERNO É REFUTADO PELAS ENTIDADES – ASSTBM
Home / DESTAQUE / ÍNDICE DE REAJUSTES APRESENTADO PELO GOVERNO É REFUTADO PELAS ENTIDADES

ÍNDICE DE REAJUSTES APRESENTADO PELO GOVERNO É REFUTADO PELAS ENTIDADES

Próxima reunião ficou marcada para o dia 16/10 às 10h da manhã.

 

Na tarde de hoje (11) o grupo de trabalho constituído para discutir um novo plano de carreira e a remuneração dos integrantes da Brigada Militar, reuniu-se mais uma vez. Na oportunidade, como havia ficado combinado na semana passada, o governo apresentou os índices de aumento salarial para o período compreendido entre 2015 e 2018. O calendário para os reajustes serão nos meses de maio e novembro de 2015, 2016, 2017 e 2018, todavia, no que se refere à proposta salarial os índices apresentados pelo governo ficaram muito abaixo da expectativa, sendo refutados por unanimidade pelas representatividades presentes. Ficou marcado um próximo encontro para a próxima quarta-feira às 10h, quando as negociações prosseguirão. No que concerne à alteração do plano de carreira, o Cmt Geral salientou que para uma mudança mais radical é necessário um estudo mais detalhado que requer tempo, todavia, sinalizou que se faz necessárias mudanças, mas não concorda com a entrada com nível superior na Brigada Militar, o que foi prontamente rebatido pelo o conjunto dos presentes. Na próxima reunião será apresentada a proposta de alteração do plano de carreira de maneira detalhada pelo Comando da Brigada Militar.

Participaram do encontro as representações da ASSTBM, ABAMF, ABERGS, AOFsBM, FERPM e ASOFBM, além dos representantes do Governo Estadual. As Entidades reafirmam seu compromisso com a categoria e salientamos que estamos em um processo de negociação que requer paciência, até mesmo porque estamos tratando da questão salarial que perdurará pelos próximos 4 anos e alteração na carreira, entretanto, tão logo for possível, divulgaremos todos os índices que vem sendo discutidos para serem deliberados pelo conjunto dos servidores.   

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

Foto: Dagoberto Valteman

     O O O O O O O