Piratini protocola projeto de reajuste salarial da BM entre 2015 e 2018

Arquivado em: Segurança Pública |

Proposta é criar um calendário de reajuste para os servidores de nível médio, que já rejeitaram a proposta protocolada pelo governo

O chefe da Casa Civil, Carlos Pestana, entregou nesta segunda-feira ao presidente da Assembleia, Pedro Westphalen (PP), um projeto de lei que propõe um calendário de reajuste salarial para os servidores de nível médio da Brigada Militar — soldados, sargentos e tenentes — entre 2015 e 2018.

Pela proposta, a remuneração básica do soldado no final de 2018 será de R$ 4.050,00. Atualmente, o piso da categoria está em R$ 1,7 mil, o salário mais baixo do Brasil. No final de 2014, o mínimo do soldado será de R$ 2,2 mil. O reajuste proposto agora é de 60%. O Piratini ressalta que, somado ao já aprovado calendário de reajuste entre 2011 e 2014, as correções na BM chegarão em até 245% em 2018.

Os representantes da corporação receberam a notícia do protocolo do projeto na Assembleia com surpresa. A categoria, em assembleia geral, rejeitou a proposta do governo. A reinvindicação é por aumento de 70%. Na ocasião, os brigadianos chegaram a apresentar uma carta a Pestana pedindo a exoneração do comandante geral da Brigada Militar, coronel Fábio Fernandes.

— O governo nos disse que, se não tivesse consenso, não enviaria projeto nenhum. A categoria rejeitou essa proposta e, agora, entregaram na Assembleia sem nenhuma consulta. Estamos sendo desrespeitados — afirmou Leonel Lucas, presidente da Associação de Cabos e Soldados da Brigada Militar (Abamf).

Ele argumentou que, como a proposta prevê um calendário entre 2015 e 2018, não havia pressa em propor a tramitação legislativa. A pretensão da categoria era reabrir negociações com o Piratini e alcançar um índice de reajuste mais vantajoso ao longo de 2014.

— Vamos reunir todas as entidades de servidores de nível médio nesta terça-feira (3 de dezembro) para decidir o que fazer diante da situação — explicou Leonel Lucas.

Outros dois pontos discutidos entre BM e Piratini — a reformulação do plano de carreira e a modernização do regimento disciplinar — não foram enviados para discussão e aprovação na Assembleia.

Junto com o projeto da correção salarial da BM, foram entregues por Pestana a Westphalen outros dois projetos, todos em regime de urgência, instrumento que força a votação em 30 dias. Um deles se refere ao plano de cargos e salários da Fepam e o outro regula o trabalho dos despachantes junto ao Detran.

Com o envio dessas propostas, a Assembleia acumula 91 projetos de lei do Executivo em regime de urgência. Todos aguardam votação. O recesso está previsto para ocorrer em 19 de dezembro.

Fonte: Carlos Rollsing

carlos.rollsing@zerohora.com.br

Jornal Zero Hora

Foto: Facebook Comandante da Brigada

Leia matéria no Correio do Povo

http://www.correiodopovo.com.br/Noticias/?Noticia=513333

Postado por Comunicação DEE ASSTBM

 Piratini entrega Pl reajuste

14 Respostas para Piratini protocola projeto de reajuste salarial da BM entre 2015 e 2018

  1. Chega! não aguentamos mais agora está na hora de dar um vasta nisso, sendo que estes políticos corias, aqui em são gabriel temos bastante pontes pararuptos sendo para aprovar os aumentos deles, é bem rápidinho e os outros que se danem….vamos colocar faixas nas pontes.

    paulo renato
    19/12/2013 at 13:54
    Responder

  2. QUE BOM QUE ESTA FALTANDO SOMENTE 14 MESES PRA FINALIZAR MEU TEMPO DE SERVIÇO, MAS NÃO QUERO NEM ME LEMBRAR QUE FUI BRIGADIANO QUANDO TIVER QUE PAGAR AS CONTAS.
    OBRIGADO

    SGT Fernande
    13/12/2013 at 13:14
    Responder

  3. Aumento pra 2018, e as contas, pagamos lá em 2018.

    Sgt. Guerreiro
    06/12/2013 at 21:50
    Responder

  4. Bem feito para a nossa categoria desunida, em vez de brigarmos por salários, fomos brigar para sair Coronel, deixamos de ganhar mais por causa de uma meia dúzia.

    WAGNER SCHERER
    05/12/2013 at 7:42
    Responder

    • pior né, quem quiser sair coronel que faça o cspm, pode ser que ainda de tempo… queremos salario, dinheiro… isso sim nos da garantia de uma vida melhor, com moradia digna e dignidade para nossos familiares, de que adianta vc ser promovido onde so o que aumenta e a responsabilidade…

      ten CBA
      07/12/2013 at 12:07
      Responder

  5. Na minha opinião somos uns ” COVARDES” estamos com choradeira …temos que encher as estradas com faixas … pra mostrar a população a realidade.

    Guardiao
    04/12/2013 at 9:46
    Responder

  6. achei correto esta do governo ums não devem pagar por outros ,nós não tivemos aumento desta natureza nos ultimos anos , devemos aceitar e seguir pedindo mais depois das eleições para o próximo governo seja ele quem for , o resto do plano ai sim tem que ser mais discutido .

    • concordo com vc…é melhor pegarmos isso do que nada… dinheiro sempre é bom, mesmo que nao seja aquilo que esperamos… chega de correr atras de promoções, ja temos uma fabrica de Ten RR…

      ten CBA
      07/12/2013 at 12:05
      Responder

  7. VC SABIA QUE O PESTANA SERÁ CANDIDATO A DEP ESTADUAL NAS PRÓXIMA ELEIÇÕES.

    E QUER CONTAR COM APOIO DOS PM.

    Faça meu favor

    VC SABIA
    03/12/2013 at 15:07
    Responder

  8. Está provado o desconsideração com o nível médio da BM. Espero que os colegas não se esqueçam disso nas eleições do ano q vem!

    João
    03/12/2013 at 11:25
    Responder

  9. É lamentável,o descaso e uma falta de respeito do governo para com a nossa categoria,enviam o projeto de aumento p Assembleia mesmo sabendo que ja foi rejeitado pelas entidades representativas, eles querem mostrar p nós que eles que mandam independente da nossa aprovação.Por que será esta pressa do governo em aprovar estes índices, sendo que só entraram em vigor em 2015, pq o de 2014 ,ja esta em vigor, ou talvez é p que os oficiais ja possam reivindicar equiparações com os Delegados? eles ñ estão nem ai p nós, temos que ter um CMT Geral que seja solidário com a tropa…mas vamos dar a resposta nas Urnas e na proximidades da Copa..Não podemos baixar a guarda p estes mal intencionados.

    Sgt Marco
    03/12/2013 at 11:15
    Responder

    • Infelizmente Marco, nós temos não só esse Cmt Geral, mas todos que já passaram pela BM independente de partido, um gestor que só pensam neles, nos seus pares e em deixar sua foto na galeria dos Cmt Gerais, não pensam no restante da tropa e na sociedade.

      Paulo Roberto
      03/12/2013 at 15:41
      Responder

    • concordo plenamente

      concordo plenamente
      09/01/2014 at 17:36
      Responder

  10. O NÍVEL MÉDIO DA BRIGADA MILITAR ESTÁ DENTRO DE UM AQUÁRIO CHEIO DE “TRAÍRAS” (Tarso, Pestana e Fábio)

    Ten Ref Portella
    03/12/2013 at 8:23
    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

 Você tem ainda

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>